A casa que hoje é uma das bem sucedidas empresas no ramo de jóias, surgiu em 1975, há mais de 40 anos. Joaquim Regás, o fundador nasceu em Barcelona no seio de uma família de joalheiros tradicionais da Catalunha.


Em 1976 Joaquim realiza sua primeira exposição em Fortaleza. A exposição foi um sucesso e quase todas as peças foram adquiridas, isso encorajou e motivou o casal Regás rosseguir. Em 1975 realiza-se outra exposição, desta vez na Galeria Inês Fiúza com muitos convidados e a consolidação da J. Regás como principal joalheria da cidade, na época o único atelier de criação e execução de peças exclusivas em Fortaleza.

Na década de 90 a Joalheria já é uma das mais respeitadas e tradicionais do estado em peças sob encomenda e consertos de joias. Nesta época seu filho mais novo Walter Regás começa a aprender com o pai os segredos da joalheria, ajudando em pequenos trabalhos, e pouco a pouco vai adquirindo confiança e habilidade, em sua banca começa a fazer peças cada vez mais complexas e a se tornar natural sucessor na execução das peças da empresa. 

Alguns anos depois a filha mais velha, Jussara Regás, também se interessa pelos negócios da família e começa a trabalhar na Maison, inicialmente como administradora, mas logo em seguida começa a desenhar alguns modelos para a firma, nesta época Joaquim era o principal criador da J. Regás, mas o controle da produção e a preocupação com a qualidade deixavam pouco tempo para os desenhos, a preocupação neste momento era com o futuro da empresa, quem iria continuar a tradição da família Regás.

Em 1998 Walter Regás, filho mais novo, volta às origens e vai estudar joalheria em Barcelona, fica 1 ano se especializando em cravação de pedras na escola da Federação Catalã de Joalheiros (Federació Catalana de Joiers, Orfebres i Rellotgers).

Em 2004, o lançamento da coleção Jangadas, com referência ao Nordeste, originou-se pelo prêmio do IBGM (Instituto Brasileiro de Gemas e Metais) adquirido pela designer Jussara Regás, que ficou entre as 10 melhores designers do Brasil.

Os desenhos da coleção Reminiscências, em maio de 2006, marcou a comemoração dos 30 anos de empresa, construído com muito trabalho e dedicação. A cada ano a empresa lança novas coleções de jóias como  Natura, Avatar, Matisse, Movimentos, dentre outras, sempre inovando e transformando a arte da joalheria.